Eu deveria desistir da canção

Por Castelloza

Tradução para o português: Otávio Augusto de Oliveira Moraes






Eu deveria desistir da canção,

já que quanto mais eu canto

mais o amor me diz não

e a lágrima e o pranto

se movem e fazem minha casa;

ainda assim eu sei,

se eu terminasse esse poema agora

eu já teria cantado além da medida.



***



I should give up on song,

since the more I sing,

the more love goes wrong,

and these tears and groans

move in and build my home;

yet even so I know,

if I ended this poem right now,

I’ve already droned on too long.



***



Ja de chantar non derg’ aver talan,

quar on mais chan

e pietz me vai d’amor,

que plaing e plor

fan en mi lor estatge;

car en mala merce

ai mes mon cor e me,

e s’en breu no.mrete,

trop ai faich lonc badatge.




Castelloza foi uma trobairitz occitana do século XIII. Somente quatro de suas canções chegaram até o presente, todas sem partitura. Apesar do pouco material, seus versos são de um lirismo singular, já apontando para algumas direções que a lírica amorosa tomaria no transcorrer da história.


A tradução para o inglês do fragmento acima foi feita por Stephen Burt e consta no seguinte artigo:


Burt, Stephen. 2016. “What Is This Thing Called Lyric?” Modern Philology 113 (3) (February): 422–440. doi:10.1086/684097. Disponível em: https://dash.harvard.edu/handle/1/34361423.



Ilustração: Vinícius Ribeiro