cupim

O surgimento dos cupins ou
O trabalho como feitiço

Primeiro o desejo, depois o nome. 


A Cupim é uma revista de literatura, elaborada em formato digital, que tem por objetivo o que deveria ser o mais simples dos planos, girar a roda do desejo em tempos em que o mundo nos solicita a recriação do gesto e do movimento. 

Organizamos a revista em três eixos – leitura, escrita e conversa -, que funcionam em linha de continuidade e que, assim como o nome da revista, também são planos que nos remetem a estados de companhia e agrupamento. 

Em “escrita”, organizamos poemas, contos, crônicas, cartas, traduções; o eixo de “leitura”, por sua vez, reúne ensaios, enquanto em “conversa” encontraremos entrevistas. Embora estejam separados, aqui, ler, escrever e conversar comparecem como o mesmo gesto interminável. 


Conta uma história ianomâmi que os cupins eram gente, e que surgiram em decorrência de uma grande enchente. Os homens que subiram nas árvores tornaram-se cupins e ali formaram suas casas, transformaram-se assim pela água. E seguem, ainda hoje, agrupados no tronco.

Expediente

Edição

Brenda K. Souza (@brendak.souza)

Clara Amorim (@claradamorim)

Douglas Ferreira (@douglasferreira_ot)

Otávio Moraes (@aguapotavio_)

 

Edição visual 

Marco Marinho (@marcomarinhoph)

Ilustração

Cindy Meira (@cindocatattoo)

Fernanda Maia (@nandiniars)

Rogério Rodrigues (@r.o.g.e.r.in)

Vinícius Ribeiro (@vini.r.s.artwork)

Contato

Colabore conosco:

revistacupim@gmail.com

  • Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Instagram Preto